menu lateral
  O MAC Encontra os Artistas / 2012 - 2º semestre

Leda Catunda

No início dos anos 1980, Leda Catunda surge na cena brasileira dosando à irreverência de sua pintura um forte apelo conceitual, herdeiro da arte da década anterior. Aplicando tinta sobre acessórios industrializados como lençóis, toalhas, cobertores, colchões e outros, torna sua pintura um objeto, como podemos ver na obra Onça Pintada nº1, de 1984, que pertence ao acervo do MAC USP. Nos anos 1990 prefere trabalhar figuras geométricas e eliminar narrativas. Sua produção critica a banalização das imagens em nossa sociedade, ao passo em que espera um estímulo provocativo no olhar do espectador. Participou de três Bienais de São Paulo (1983, 1985 e 1994) e de grandes mostras coletivas como Modernidade (Paris, 1987), Artistas Latinoamericanos do Século 20 (Museu de Arte Moderna de Nova York, 1993) e Mostra do Redescobrimento (São Paulo, 2000). Fez doutorado em poéticas visuais na ECA USP, em 2001.

Assista ao vídeo do encontro.

Localização

Contato


Crédito | Conteúdo