menu lateral

Coordenação
Andrea Amaral Biella (educadora - MAC USP)

Encontros de formação continuada de educadores, com atividades práticas, reflexivas e leituras de obras das exposições em cartaz no MAC USP, que visam a compreensão dos procedimentos, linguagens, técnicas e poéticas dos artistas, por meio da experiência.

15 de janeiro
A Linha no Desenho
Visitando as obras do artista Gabriel Borba, na exposição Um Dia Terá Que Ter Terminado 1969/74, e discutindo trabalhos de artistas contemporâneos brasileiros, a linha como matéria do desenho será motivo de uma oficina com os professores.

5 de fevereiro
Jeitos de Mostrar o Mundo em que se Vive
As obras dos artistas Antonio Henrique Amaral e Humberto Espíndola, na exposição Um Dia Terá Que Ter Terminado 1969/74, serão motivo de discussões sobre alegoria e de uma oficina sobre pintura alegórica com os participantes.

30 de abril
Videoarte e o MAC USP
Oficina sobre videoarte, apresentando um breve histórico do desenvolvimento dessa linguagem e sua presença como experimentação artística nos anos 1970 no MAC USP.

21 de maio
É obra ou documento?
Na Semana dos Museus a Divisão de Educação do MAC USP propõe discutir com os professores o que pode ser documento e a ampliação do conceito de obra de arte com foco na coleção presente na exposição Um Dia Terá Que Ter Terminado 1969/74. Após a visita acontece uma oficina com os participantes.
Participação especial de Silvana Karpinscki, especialista em documentação museológica, responsável pelo Arquivo do MAC USP.

30 de julho
Discutindo a obra de Hudinilson e a utilização da xerografia na arte
A partir da obra Narcisse / Exercício de me ver VIII, de Hudinilson Júnior, presente na exposição MAC em Obras, questões sobre a presença de obras em xerografia nas coleções museológicas serão discutidas sob a perspectiva da conservação e exposição de bens culturais.
Participação especial de Rejane Elias, especialista em conservação e restauro do MAC USP.

3 de setembro
Discutindo a obra de León Ferrari e a Heliografia
A partir de trabalhos encontrados na exposição MAC em Obras, cujos suportes são reproduções ou que possuem mais de um exemplar, o encontro apresenta aos participantes os problemas que envolvem a conservação da arte contemporânea e os desafios que o museu enfrenta para preservá-la.
Participação especial de Renata Casatti, especialista em conservação e restauro do MAC USP.

24 de setembro
MAC em Obras
Com a participação de Ariane Lavezzo, especialista em conservação e restauro do MAC USP, o encontro abordará aspectos relacionados à manutenção de acervos de arte contemporânea com ênfase nas obras dos artistas Abraham Palatnik, Nina Moraes, Anna Barros, Maria Tomaselli e Edgar Racy, presentes na exposição MAC em Obras.

22 de outubro
Instalações e Performances: Desafios na Conservação
Tomando como exemplo as obras de Marcelo Cipis , Bill Lundberg e Alex Vallauri, presentes na exposição MAC em Obras, Marcia Sampaio Barbosa (especialista em conservação e restauração de pintura e escultura do MAC USP) fala sobre a complexidade da conservação, da documentação e do modo de exibição de obras de arte contemporânea.

Voltar

Localização

Contato


Crédito | Conteúdo