menu lateral

FLÆSHES
Gabriel Brito Nunes

8 a 25 de março / 2012
Orientadora: Profa. Dra. Ana Maria Tavares (ECA USP)

O corpo do artista como sujeito e objeto da obra de arte é o tema geral da pesquisa de Gabriel, que escolheu apresentar na exposição não só as soluções estéticas que realizou, mas também o território onde elas se desenvolvem, numa fronteira entre a prática artística e o registro acadêmico. Assim, o desenho da exposição faz referência à pesquisa científica e à maneira como ela influencia a prática artística, e vive-versa.

A exposição apresenta os registros das performances Flæsh, realizada em 2010 na Galeria Vermelho; Flæsh Privé, quando o artista realizou a performance para um só espectador, a partir de um concurso que o próprio artista promoveu; e Flæsh em instância, performance que será realizada na própria exposição, no dia 10 de março entre 14 e 17 horas, e depois colocada em vídeo à disposição do público.

Cada performance aconteceu ou acontecerá uma única vez num determinado contexto. Elas jogam, portanto, no campo do momento sublime. “Mesmo assim, o registro da performance e sua subsequente visibilidade pelo espectador são tidos, aqui, como um ato performático em si na medida em que deixam espaço para um constante reajuste da relação entre o ato e a ideia que possibilitou cada uma dessas performances” diz Gabriel.

Galeria

Localização

Contato


Crédito | Conteúdo