Sem Título, 1995
Acrílica s/ tela, 76 x 95,6 cm
Acervo MAC-USP

[ver análise da obra]

Recife-PE – 1963


“A arte é capaz de refletir a celebração das coisas simples e boas da vida. Isto é o mais importante para mim!” Romero Britto

A arte de Romero Britto reúneem em simbiose elementos da cultura popular ernambucana com sofisticados recursos de composição gráfica, estando presentes os Hibridismos próprios da arte pós-moderna e da glocalização (global e local) da cultura da Contemporaneidade.

De origem simples e começou a desenhar muito jovem, copiando os trabalhos de outros artistas que via nos livros. Pintava e de forma autodidata, articulava as composições de forma simplificada e ingênua, mas sempre com cores vivas, de acordo com seu vocabulário visual popular e seu forte sentimento de alegria de viver..Vendia seus quadros nas ruas de Recife Chegou a pensar na profissão de advogado, mas sua paixão pela arte foi mais forte. Por volta dos vinte e cinco anos teve a oportunidade de ir para a Europa, depois foi para Miami nos Estados Unidos, onde pintava paredes e vendia seus quadros pelas ruas,para sobreviver.Suas composições de cores esfuziantes e alegres foram de agrado do público desta cidade. Em 1989, Michel Roux, importador americano da Vodka Absolut viu seu trabalho e o contratou para fazer a campanha publicitária da bebida. As três obras criadas pelo artista foram veiculadas em mais de 60 publicações internacionais, projetando-o rapidamente no cenário mundial. A partir deste acontecimento não cessaram mais os contatos e pedidos de obrasParece que sua arte correspondia aos anseios universais de viver mais alegremente , ,prgmaticamente utilizado para a sociedade de consumo e meios publicitários. Em 1995 fez uma campanha para a Pepsi e teve seus desenhos estampados em 1,5 milhão de latas de refrigerantes, e em 1997 foi contratado para retratar os astros da Disney dentro do contexto de sua arte, também já desenvolveu trabalhos para IBM, Apple, e suas obras vêm sendo estampadas nos mais diversos produtos, de embalagens a carros e até tecidos e acessórios para a indústria da moda. Atualmente quase toda sua produção é feita sob encomenda.

Romero Britto se estabeleceu em Miami, aonde mora até hoje, casou-se com uma americana e lá montou a primeira galeria de suas várias galerias no Brasil, na Europa e Estados unidos.

Muito conhecido e apreciado nos Estados Unidos, seus traços e formas considerados infantis devido ao perfil objetivo e entusiasta, e as cores alegres e vibrantes dão vida a centenas de produtos que vão desde linhas de objetos em cerâmica para a cozinha, como canecas, pratos e travessas, passando por perfumes, bolsas, blocos de anotações, pad mouses e etc, até as técnicas mais tradicionais como gravuras e telas bem cotadas no mercado. Nos Estados Unidos, o artista parece ter virado ídolo no país da Pop Art, com admiradores e colecionadores nas altas esferas de Hollywood e do governo americano.Por Exemplo,como Eillen Guggenheim, descendente dos fundadores do Museu Guggenheim, considera –o,como um artista pop no mesmo patamar de Andy Warhol, Keith Haring e Roy Lichtenstein.

Os temas retratados em seus trabalhos são cotidianos e simples, e os traços e cores do artista dão um aspecto de diversão e bom humor às figuras retratadas.

O caráter publicitário de suas obras e a disposição de cores, tons e linhas, o colocam no cenário da arte pop, sendo que alguns o chamam de neo pop. Entre os críticos de arte brasileiros existe um forte questionamento a respeito do status de arte ou não da obra de Romero Britto. Alguns o vêm apenas com um caráter publicitário e de entretenimento, e outros consideram-no apenas como um ilustrador, pois sua obra não leva o público a pensar, o que seria pretensamente, de acordo com alguns críticos, o objetivo de toda obra de arte.

O próprio artista deixa sempre clara sua intenção de explorar o seu trabalho de todas as formas possíveis, tendo aberto em 2002 uma galeria em São Paulo, situada na Rua Oscar Freire, e em 2003 foi lançado o livro intitulado “A arte de Romero Britto”. Mais recentemente o artista fez uma campanha para o sabão em pó OMO aqui no Brasil, desenhando cinco temas para as embalagens. Outra expansão de de empreendedor de sua obra , foi a recente inauguração de um restaurante temático em Miami.

Daniela Soares de Oliveira [estagiária FFLCH-USP]
Daisy Peccinini [coordenadora
]