FERNANDO ODRIOZOLA

Exemplificando o ilimitado espectro de linguagens e meios de PHASES, os desenhos sobre papel e madeira de Odriozola, de pequeno formato, compõem paisagens de micro-cosmos de profundo lirismo, de delicados traços e curiosos sinais. Sua obra é austera e leva, suas paisagens imaginárias se organizam por formas singulares e cromatismo sintético.


Sem Título, 1966. Ferro e nanquim s/ madeira, 51 x 40 x 3 cm.
Referência: PHASES – Surrealismo e Contemporaneidade. Grupo Austral do Brasil e Cone Sul. São Paulo: MAC-USP, 1997. P. 27.


Cálice Vermelho, 1964. Nanquim s/ madeira, 49,6 x 51,5 cm.
Referência: PHASES – Surrealismo e Contemporaneidade. Grupo Austral do Brasil e Cone Sul. São Paulo: MAC-USP, 1997. P. 27.

Daisy V. M. Peccinini [coordenadora]