Negativo p/b do acervo do MAC-USP. Clique para ampliar.

Sem título, 1956

Esta construção é marcada pelo material utilizado - acrílico -, difusor de luz pela sua transparência, e também pela estrutura, que congela a instabilidade dos planos, entreabertos e suspensos no ar.

“O completo abandono do volume é a valorização total do negativo. O não existente. Talvez me explique melhor com um exemplo: numa placa de vidro há um furo; o importante é o furo, sendo o vidro apenas o seu suporte. (...) Isto é só uma especulação sem valor artístico, mas, os problemas são escolhidos de tal maneira, que após sua execução causam uma satisfação visual. Além disso, as possibilidades combinativas das negativas devem ser sensíveis e prazerosas, para não dizer: belas.” (Projeto Construtivo Brasileiro na Arte (1950-1962). São Paulo: Pinacoteca do Estado, 1977).

Tatiana Rysevas Guerra
[bolsista]
Profa. Dra. Daisy V. M. Peccinini de Alvarado
[orientadora]