Clique para ampliar

Movimento, 1951

Contemporânea da I Bienal Internacional de São Paulo, é influenciada pelo construtivismo, que estabelecia que as dimensões de uma obra de arte deveriam ser o espaço e o tempo.

Por meio de linhas horizontais alternadas e cuidadosa gradação cromática – as complementares vermelhos-verdes, azuis-amarelos, além dos pretos e cinzas sobre fundo branco, que disputam entre si a atenção dos olhos - Cordeiro joga com a percepção do olhar, gerando uma dinâmica-tempo no espaço.

Tatiana Rysevas Guerra
[bolsista]
Profa. Dra. Daisy V. M. Peccinini de Alvarado
[coordenadora do projeto]