Clique para ampliar

Desenho, 1956

Suas obras de tendência concretista no MAC-USP: Desenho, 1956 e Desenho No 2/Equilíbrio Restabelecido, 1967, mostram que Charoux permaneceu fiel aos pressupostos construtivos por muito mais tempo que seus companheiros de concretismo em São Paulo.

O artista se dedicou aos desenhos e à pintura, sempre em busca de explorar materiais industriais e experiências de cunho matemático-geométrico em suas obras.

Na obra Desenho No 2/Equilíbrio Restabelecido, de 1967 percebemos que, apesar do rigor, a obra tem um elemento lúdico que prega uma peça nos olhos do espectador. O quadro é um quadrado que foi girado 45 graus e, à primeira vista, parece estar torto na parede. Mas quando o espectador se aproxima, percebe que a inclinação é proposital, e que linhas brancas, com o quadro naquela posição, ficam perpendiculares à linha do chão e do teto. O quadro gera um percurso visual que extrapola o espaço da obra e continua pela parede, como uma linha do horizonte na vertical: uma reta que não possui fim.

Tatiana Rysevas Guerra
[bolsista]
Profa. Dra. Daisy V. M. Peccinini de Alvarado
[coordenadora do projeto]