De cima para baixo: Futebol, 1936, Col. Part.; Auto- Retrato, 1942, Col. Part.
De cima para baixo: Futebol, 1936, Col. Part.; Auto- Retrato, 1942, Col. Part.

"Colinas tristes e doces, verdes tímidos que se querem fazer esquecer, que não querem tentar a cidade temível que, percebendo-os, poderia lançar suas artérias, suas avenidas, seu tráfego e seu asfalto, na glória conquistadora do crescimento urbano."
Roger Bastide, "Diário de São Paulo", 1943.

Nasce no dia 22 de agosto de 1903, na rua Visconde de Parnaiba, em Sào Paulo. Em 1910, inicia o curso primário no Grupo escolar da Móoca. Em 1914 trabalha como entregador, numa loja de chapéus da Ladeira São João. Emprega-se como aprendiz de decorador, iniciando-se aí seu contato com as tintas e pincéis. Nessa condição, decora muitas residências e pinta detalhes das Igrejas de Santa Ifigênia e santa Cecília. Estudou na Escola Profissional Masculina do Brás, durante dois anos. Em 1917, principia sua carreira de jogador de futebol contratado pela Associação Atlética de São Bento, posteriormente foi contratado pelo Esporte Clube Corinthians. Por sua conta, monta um escritório na rua São Bento, onde recebia encomendas de serviços em decoração. Em 1933, transfere seu ateliê para a sala número 231 do Prédio Santa Helena na Praça da Sé. Iniciou nesta data sua carreira de pintor, que se intensificará após desligamento da profissão de jogador de futebol. Rebolo divide seu ateliê com outros artistas Fúvio Pennachi, Aldo Bonadei, Humberto Rosa, Manuel Martins, Clóvis Graciano e Alfredo Volpi. Em 1937, foi participante da primeira exposição da Família Artística Paulista. No ano de trinta e oito, frequenta Campos do Jordão, em companhia de Sérgio Milliet, quando pintou muitas paisagens. Exposições suas foram realizadas nos anos seguintes, atribuindo-lhe o mérito de tantos anos de pesquisa e dedicação. Morre de infarto, no dia dez de julho.

Estudioso das técnicas e dos materiais, prepara suas telas, compõem seus pigmentos e a sua têmpera. No começo de sua carreira, faz lições de pintura ao ar livre aos domingos. Desde a chegada da técnica Macchiaioli, considerado fonte do Movimento Novecento, Rebolo começa utilizar o efeito de manchas e zonas coloridas. Conforme a pintura de Rebolo amadurece, seu desenho ganha autonomia. Sua prefer6encia temática era a realização de paisagens ao ar livre, que consistiram em sua grande maioria de cenas dos arrabaldes da cidade de São Paulo.

Paisagem com Figuras,  1942