1879 - 1953 - Paris, França

 
Rico, rebelde, extravagante, pintor e poeta muito imaginativo, Picabia foi grande comunicador , das vanguardas que surgiram no decorrer das primeiras décadas do século XX.

Seu pai era descendente de uma rica família espanhola exilada em Cuba e sua mãe pertencente à burguesia parisiense. Revelou desde cedo seu interesse pela pintura, participando aos 15 anos de idade do "Salão de Artistas Franceses". No início do século, encontramos Picabia totalmente absorvido pela pintura impressionista. Mas, entediado com o Impressionismo, associou-se aos cubistas do círculo Puteaux e foi um dos membros fundadores da Section D'or. Em 1912, casou-se com Gabrielle Buffet com quem viajou a Nova Iorque para participar do "Armony Show", lá conheceu Duchamp, com quem fundou o Dada americano em Nova Iorque em 1913. 

Sua primeira publicação Dada foi em 1916, em Barcelona. Em 1918, juntou-se ao Dada de Zurique. Seu retorno a Paris foi narrado por provocativas demonstrações dada. Após o colapso do movimento em Paris em 1922, passou a fazer parte do Surrealismo.
Em 1925, decidiu viver no sul da França, onde conheceu Olga Mohler, com quem se casou vinte anos depois. Retornou a Paris em 45 onde viveu até a sua morte. 

 

OBRAS NO ACERVO DO MAC
 
HOME
MAPEAMENTO MÓDULO I - SURREALISMO
MENU EXPRESSIONISMO - MENU CONSTRUTIVISMO - MENU ABSTRACIONISMO