expressionismo.JPG (6895 bytes)
Acima de tudo, o Expressionismo é uma tendência permanente e universal da arte, como manifestação exterior de uma necessidade interna. Relaciona-se diretamente com o subjetivo, expresso por temas dramáticos e obsessivos. Manifesta-se no século XX em várias vanguardas, como o Fauvismo, o Expressionismo Alemão - A Ponte/Die Brücke, O Cavaleiro Azul/ Der Blaue Reiter, A Tempestade/ Der Sturm, Grupo Novembro/ November Gruppe, Nova Objetividade/ Neue Sachlichkeit; o Expressionismo Flamengo - 2o. Laethem-Saint-Martin, Dada, Pintura Metafísica e Surrealismo.

No pós-guerra, o Expressionismo emerge através do Expressionismo Abstrato, com o Action Painting e, recentemente, na pós-modernidade, com o neo-expressionismo. 

No contexto estilístico, as linhas e as cores expressam as emoções em lugar de representar o mundo exterior. A linha é emocional, deformadora, nervosa, angulosa. A cor contém alto grau expressivo, com ênfase no uso de cores contrastantes e puras. 

Atualmente, o termo Expressionismo é aplicado de modo mais específico, constituindo-se numa espécie de neo-romantismo, relacionando-se de maneira trágica à angústia de nosso tempo.

Expressionism -
Movements of a Modern Art
Frank Whitford
p.46 fig41
Karl Schmidt-Rottluff
Artistas do grupo "A Ponte"
(Heckel à frente), c.1905
Xilogravura
VANGUARDAS

HOME

MENU EXPRESSIONISMO - MENU ABSTRACIONISMO - MENU CONSTRUTIVISMO