Grosz.gif (1996 bytes)
 
 
A BESTIALIDADE AVANÇA, 1933
AQUARELA S/ PAPEL; 66.5 x 48.3 cm
DOAÇÃO MAMSP 
Essa obra é um excelente documento visual do período entre-guerras, do clima anti-nazista do Nova Objetividade/Neue Sachlichkeit. Com pinceladas densas e expressivas oferece-nos um encontro direto com a cena: botas de um soldado manchadas de sangue e lama sobre o gelo branco e, à direita, uma caveira. É significativa a ausência da parte superior do corpo e do elemento mais nobre, símbolo de toda a racionalidade, que é a cabeça. A obra parece estar relacionada à série de aquarelas, feitas nos Estados Unidos (1932-1937), intitulada Allegories of the destruction of Europe, pertencente ao The Cleveland Museum of Art - USA.
GEORGE GROSZ