1883 - Nantes, França
1956 - Paris, França
 
Um dos principais representantes do Cubismo. Foi ativo na disseminação das idéias cubistas e, principalmente como um dos autores do Primeiro Tratado dedicado ao novo movimento, 'Du Cubisme', em 1912, escrito em colaboração com Albert Gleizes. Começou a pintar desde os 15 anos, em 1903 fixou-se em Paris e frequentou diversas academias. Afastou-se destas para aproximar-se de tendências artísticas mais naturais neo-impressionistas e posteriormente do Fauvismo.

Era um artista com a preocupação da ordem e do método, e até do sistema. 


 
Tendo a vontade de construção mais coerente, esforçou-se por descobrir a estrutura dos objetos. Desde 1909, aderiu ao Cubismo, frequentando o ateliê de Pablo Picasso em Bateau-Lavoir. A partir de 1910, pssa a observar os passos experimentais da primeira fase da pintura cubista de Georges Braque e Picasso, resultando no artigo "Notas sobre a Pintura". No mesmo ano, expôs no Salão de Outono com Albert Gleizes e Le Fauconnier e, no Salão dos Independentes, o 'Retrato de Guillaume Apollinaire', considerado o primeiro retrato cubista. Em 1911, no mesmo Salão, foi um dos principais organizadores da primeira grande manifestação pública do Cubismo, a 'Sala 41'.

  

Foi um dos fundadores da Section d'Or, em 1911, sendo um dos organizadores da exposição de mesmo nome. Evento em que convergem as várias linhas cubistas. 
Ele pertenceu a primeira fase do Cubismo, derivando a seguir para uma espécie de classicismo. No período entre guerras sua obra aproxima-se do Realismo, com afinidades com a Nova Objetividade/Neue Sachlichkeit. Depois de 1924 oscilará entre a figuração e a abstração, sendo que, sua figuração se constrói segundo premissas cubistas, constituindo os fundamentos teóricos de sua obra até o fim da vida.
 
OBRAS NA COLEÇÃO DO MAC
HOME
MAPEAMENTO MÓDULO I - SECTION D'OR - CUBISMO
MENU EXPRESSIONISMO - MENU CONSTRUTIVISMO - MENU ABSTRACIONISMO