1881 - Saint-Rémy-de-Provence, França 
1953 - Paris, França
 
Edward E.F. Fry. New York: 
Mc Graw-Hill Book Company,
1966. p. 45
Albert Gleizes é um artista das Vanguardas Européias interessado na união entre arte e religião. Trabalhou como pintor e ativo intelectual. Foi o teórico do Cubismo.

 
Nascido em Paris, foi iniciado nas artes por seu pai, um bem-sucedido designer industrial. Depois de trabalhar como designer, Gleizes começou a pintar seriamente enquanto servia o exército no norte da França. Seus primeiros trabalhos retratavam temas sociais ou misteriosas cenas noturnas, de maneira impressionista; sua técnica o aproximava do pontilhismo, tornando sua pintura mais forte com ritmos estruturais pronunciados. Entre 1909 e 1910, conheceu Robert Delaunay, Jean Metzinger, Pablo Picasso, entre outros artistas. Foi um dos organizadores do salão do manifesto Section d'Or. No mesmo ano, 1912, publicou, juntamente com Metzinger, o livro Do Cubismo. Diferentemente do grupo do Bateau Lavoir, enfatizava o problema do movimento na forma plástica, muito se aproximando do Futurismo.
A partir de 1914, sua obra foi se tornando cada vez menos figurativa; e, em 1915, fez seus primeiros trabalhos influenciados pelo Abstracionismo
 
Iniciou a formação de um grupo de artistas em Moly-Sabata, próximo a Viena e, em 1939, tornou-se o centro de outro grupo de pintores, quando se estabeleceu em Saint-Rémy-de-Provence.
Em 1941, retornou para o catolicismo romano e, em 1950, participou de uma exibição de arte sacra no Vaticano. Participou da I Bienal de São Paulo, em 1951, e uma grande retrospectiva de seu trabalho foi exibida no museu de Guggenheim, Nova Iorque, em 1964.
A temática de sua pintura, a partir do princípio da década de vinte até a época de suas últimas produções artísticas, teve uma preocupação com os problemas metafísicos e sociais. A preocupação com a simplificação da cor e da forma levou-o naturalmente a aproximar-se do Cubismo.
 
OBRAS NA COLEÇÃO DO MAC
HOME
MAPEAMENTO MÓDULO I - SECTION D'OR - CUBISMO
MENU EXPRESSIONISMO - MENU CONSTRUTIVISMO - MENU ABSTRACIONISMO