Sal„o dos Independentes.gif (8996 bytes)
Sala 41.gif (1221 bytes)
 
A Sala 41 do Salão dos Independentes de 1911 foi uma das mais importantes manifestações públicas do Cubismo, da qual fizeram parte Fernand Léger, Robert Delaunay, Jean Metzinger, Albert Gleizes, Marie Laurencin e Le Fauconnier.
Apoiados por alguns e atacados por outros, as suas pinturas geraram grande polêmica na época, num momento em que houve uma maior divulgação do termo Cubismo, que de início carregava um significado pejorativo.
Para o público em geral, o Cubismo era primeiramente uma geometria misteriosa e arbitrária que os artistas impuseram à natureza. Apenas alguns críticos, como André Salmon e Michel Puy, conseguiram perceber o verdadeiro sentido do movimento de forma sensível e inteligente.
 
CUBISMO

HOME

MENU