1881 - Málaga, Espanha
1973, Alpes Marítimos, França
 
Considerado o mais importante artista do século XX, Pablo Picasso foi um fenômeno único de criatividade em diferentes campos da arte - pintura, cerâmica, escultura, desenho, gravura e cenografia. Ao lado de Georges Braque foi criador do Cubismo, ao olhar a natureza a partir da análise geométrica.
Filho de pintor e professor, iniciou seus estudos na Escola de Belas Artes de Barcelona, onde seu pai lecionava desenho. Depois, freqüentou a Academia de San Fernando, em Madri. Em 1900, viajou a Paris, onde desenvolveu a fase Azul ( entre 1901 e 1904 ), cujos temas predominantes eram a miséria, as doenças, os marginais da sociedade, preponderando os tons azuis e os traços fortes, sob a influência de Van Gogh e Toulouse Lautrec.
 
Em 1904, instalou-se em Montmartre, Bateau Lavoir, onde se desenvolveria a estética cubista. Em 1905 e 1906, foi a vez de seu período Rosa, marcado pela suavização dos traços e das formas, agora chapadas, além da própria temática - nus, crianças, personagens circenses e arlequins -, prevalecendo, na sua representação, os tons rosas e ocres. 
 
As artes primitivas de formas abstratas e despojadas, e particularmente as africanas, serviram-lhe de vocabulário para, em 1907, pintar as Demoiselles d'Avignon, composição sem unidade, com personagens sem relevos, compostas de linhas, ângulos e planos imbricados, prenunciando o Cubismo. Nesse período, sua arte passou a lidar com os objetos e seu interesse a residir na forma, na estrutura e nos planos vistos de diferentes ângulos. O real passou a ser o volume e o espaço. O Cubismo Analítico, de 1908 a 1911, modifica-se no sentido de síntese de composição com a justaposição de planos, delimitados com cores densas, surgindo a fase do Cubismo Sintético. A partir de 1912, sobrepôs colagens à pintura (fragmentos de jornais, entre outros), cujos temas mais presentes eram os de natureza morta e instrumentos musicais. 

 
Em 1914, voltou à figuração, momento em que o Cubismo se generaliza e Picasso, contestando-o, renega-o. Em 1925, participou da primeira exposição do Surrealismo, e até 1937 esteve ligado ao movimento. Dois anos depois, em Nova Iorque, uma retrospectiva daria início ao reconhecimento de sua genialidade, que continuou até sua morte.Nas décadas subsequentes, Picasso entrou bruscamente numa nova dialética com a própria invenção formal, gerando uma nova visão antinaturalista, atento à descoberta de valores essenciais. 
OBRAS NO ACERVO DO MAC

CUBISMO 

MENU

HOME