1886 - Strasburgo, Alsácia-Lorena, França
1966 - Basel, Suíça
Figura marcante, peculiar no cenário das Vanguardas Européias; Jean Arp participou do Grupo Cavaleiro Azul, foi importante artista Dada, Surrealista e ligado ao Abstracionismo dos Grupos Círculo e Quadrado e Abstração-Criação.
Pintor, escultor, artista gráfico e poeta, Jean ou Hans (segundo a forma francesa ou alemã) Arp buscou em sua arte a simplicidade e a pureza das formas. 
Um dos pioneiros da Arte Abstrata, Arp já não se preocupava com a expressão plástica do ser e do objeto, mas com a forma pela forma. 

Sua formação se deu na Academia de Weimar e, posteriormente, na Academia Julian, em Paris. Viajou pela Europa, onde conheceu importantes artistas, como Paul Klee, na Suíça, Wassily Kandinsky, em Munique e expondo com o grupo do Cavaleiro Azul em Berlim. De volta a Paris, em 1914, encontrou Amedeo Modigliani, Delaunay e os poetas Max Jacob e Apollinaire.
Durante a Guerra refugia-se na Suiça onde foi ativo elemento do Dada, estimulando sua fundação. 
Destaca-se pelas colagens de formas geométricas, realizadas em conjunto com Sophie Taueber Arp, sua esposa, e pelos alto-relevos que lhe garantiram renome.
Reconhecido como notável artista nos EUA e na Europa no início da década de 50, dedica-se a escultura monumental na última década de sua vida.
Sempre fiel a linguagem que desenvolveu, de formas abstratas, sinuosas, orgânicas, radicalmente despojadas e resultantes de pesquisas de materiais; Jean Arp é um exemplo de artista brilhante e solitário como Paul Klee.

OBRAS NA COLEÇÃO DO MAC


HOME PAGE DO PROJETO | ABSTRAÇÃO-CRIAÇÃO 
MENU CONSTRUTIVISMO | MENU EXPRESSIONISMO | MENU ABSTRACIONISMO