25 JAN 2014 - 13 DEZ 2015
Entrada Gratuita

Hudinilson Junior: Em torno de Narciso


Esta mostra apresenta a recente doação que o casal Maria Apparecida e Hudinilson Urbano, pais do artista Hudinilson Junior, fez ao MAC USP, em memória do filho, falecido em agosto de 2013.

A proposta desta doação não surgiu do nada. O casal é consciente de que o MAC sempre acompanhou com interesse a trajetória de seu filho, tendo exibido suas obras em 19 exposições, desde 1982. O interesse do Museu pela obra de Hudinilson se explicita no processo de implantação de sua Nova Sede: das seis exposições gerais do acervo em exibição neste edifício, duas apresentam obras do artista.

Convidado a escolher as obras de Hudinilson a partir de um universo de peças previamente selecionado pelo casal com a assessoria do Professor João Spinelli, amigo da família e deste Museu (e grande conhecedor da obra do artista), o MAC USP – por intermédio de sua curadora Helouise Costa e deste diretor –, optou por selecionar as peças a serem doadas a partir dos seguintes critérios: capacidade das mesmas de tornarem ainda mais rico o conjunto de obras de Hudinilson já presentes no acervo do Museu; incorporar obras de diversas fases de sua trajetória, incluindo algumas de início de carreira que apresentassem embriões de sua poética madura e, por fim, reunir obras cujas singularidades formais e conceituais atestassem a originalidade de seu trabalho e, ao mesmo tempo, mostrassem sua sintonia com o debate contemporâneo.

Já a curadoria desta mostra buscou, em primeiro lugar, apontar para a complexidade da prática artística de Hudinilson, caracterizada pelo trafegar por diversas modalidades, tensionando seus limites. Tendo como mote a figura de Narciso, tão cara a Hudinilson, a exposição flagra como o seu interesse pelo corpo humano se constitui, seja a partir de autorretratos produzidos à mão livre, seja por meio da colagem, em que o uso de imagens de corpos outros sugere uma percepção do real como projeção do seu próprio corpo. A mostra também salienta como o procedimento da colagem se solidifica e expande com o decorrer dos anos, constituindo-se, talvez, na característica mais marcante da obra de Hudinilson. Quer nas delicadas peças do final dos anos 1970, nos originais (e inéditos) painéis xerográficos, ou ainda em seus cadernos-colagens, é visível a busca do artista pela organização de sua realidade estilhaçada a partir do preenchimento do espaço do suporte segundo uma ordem sempre tendente ao ortogonal.

A riqueza desta exposição, em particular, e do trabalho de Hudinilson como um todo, felizmente não se esgota nas características aqui apontadas. Hudinilson Junior: em torno de Narciso traz em sua delicada tessitura outros muitos pontos que, é certo, irão contribuir para uma revisão urgente e necessária dessa obra complexa e intrigante. O MAC USP, em nome da Universidade de São Paulo, e ciente de seu papel no circuito das artes, agradece ao casal Maria Apparecida e Hudinilson Urbano pela doação que agora expõe, por entender a importância do legado de Hudinilson Junior e a possibilidade dele ser compartilhado por todos os cidadãos dentro de um museu público e universitário.





© 2014 Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo